DIVAS

Hoje é uma blue monday.

Foi ouvindo algumas coisas que deu uma vontade de falar das divas-divas mais que divas cujas vozes perfeitas conquistaram o mundo e, hoje, embalaram minha tristeza.

DIVA ABSOLUTA [para Camila]

Quem teve o privilégio e o prazer de ver e ouvir a diva ao vivo sabe o que é uma voz e uma presença.

Diva absoluta – o resto é puro ensaio…

Ela é diva e divina – a coleção de músicas gravadas com Cole Porter é impecável.

Aqui uma versão ao vivo de Body and Soul – belíssima!

Billie Holiday, de todas as divas negras do jazz, foi a que teve a vida mais desgraçada e cheia de altos e baixos vertiginosos. Da cadeia-para-o-estrelado-para-a-cadeia, tudo sempre permeado de amores intensos e turbulentos.

A música que escolhi é uma de suas prediletas e é de uma melancolia profunda. Como não encontrei uma versão ao vivo com áudio que prestasse, optei por essa versão em estúdio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: